Menu

                          Visite o Blog

                          Visite o Blog

O PCDT - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Miastenia está sendo atualizado, conforme publicação no Diário Oficial. Interessados podem acessar o formulário até o dia 10 de agosto de 2020.

Vale ressaltar que a Abrami foi convidada a participar dessa revisão e sua presidente, Andréa Oliveira, esteve presente na reunião presencial realizada no dia 23 de maio de 2019, em Brasília/Distrito Federal, para delimitação do escopo. O objetivo desta reunião foi a discussão da atualização do referido PCDT, sendo que pela primeira vez uma associação de pacientes pode participar e opinar.

Esse importante documento é utilizado como normativo de conduta e procedimento entre especialistas para todo o Brasil. Dentre outras sugestões, a Abrami ressaltou a importância de incluir nesse protocolo a relação de medicações que podem piorar a miastenia e orientações sobre vacinas (item 9.2), as quais nunca haviam sido mencionadas nas outras edições. Como sempre, nossa associação sempre está atenta às necessidades dos miastênicos e acompanha as novidades da comunidade científica, bem como políticas públicas.

A avaliação inicial da Comissão contempla o diagnóstico e o tratamento da miastenia gravis, bem como da crise miastênica e de outros casos especiais relacionados a MG. Uma nota ainda será produzida pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) a fim de avaliar a incorporação do exame que colabora para o diagnóstico da doença. Acesse aqui o PCDT.

As causas da miastenia gravis ainda são desconhecidas. Em alguns pacientes, há relação com tumores do timo - glândula ligada ao sistema imunológico e que produz anticorpos. Clique aqui para contribuir.

Consulte a publicação na íntegra, na página da Conitec: http://conitec.gov.br/consulta-publica-avalia-atualizacao-de-protocolo-da-miastenia-gravis